Portugal@Nihon: Projecto Conjunto de Internacionalização para o Japão

Objectivo do Projecto

A Câmara de Comércio e Indústria Luso Japonesa, com o projeto Portugal@Nihon, pretende capacitar conjuntamente as empresas para entrar ou consolidar a sua presença no mercado japonês, reunindo recursos, criando redes de contatos e reduzindo custos no processo de internacionalização das empresas.

Porquê o Japão?

    • O Japão é um mercado-alvo de referência pelo seu elevado grau de desenvolvimento e excelência de produção;
    • As tendências no Japão são seguidas em toda a Ásia e, dado o seu elevado poder de compra e interesse pelo Ocidente, os consumidores japoneses são tradicionalmente receptivos a produtos estrangeiros que combinem de forma eficaz qualidade, inovação, design e preço;
    • O Japão tem uma população de 127 milhões de habitantes, torna-se assim uma vasta opção de possíveis consumidores com diferentes características. O Japão apresenta um nicho de mercado extremamente atractivo por variadas razões: É a terceira maior economia do mundo; População cada vez mais ocidentalizada; A relação de câmbio euro / iene é, neste momento, muitíssimo favorável às exportações;
    • De assinalar também que a procura japonesa coincide com a oferta portuguesa. De facto, variados sectores são bons exemplos de diversos ramos comerciais onde os exportadores portugueses podem disputar um lugar no mercado japonês, como a moda, têxteis, materiais de construção, cerâmicas, vidros e cristais, produtos alimentares, vinhos, mobiliário, energias renováveis e o eco-negócio, são bons exemplos.

 

CONSULTE OS ANEXOS E FAÇA JÁ SUA INSCRIÇÃO!

Divulgação
Acordo de Adesão
Missão Empresarial Abril 2018 
 Termos e Condições de Participação 

 

Envie os documentos preenchidos e assinados para comunicacao@ccilj.pt de modo a efectuar a sua inscrição

 

Ficha Técnica do Projecto

Designação do projeto: Portugal@Nihon

A Câmara de Comércio e Indústria Luso Japonesa, com o projeto Portugal@Nihon, pretende capacitar conjuntamente as empresas para entrar ou consolidar a sua presença no mercado japonês, reunindo recursos, criando redes de contatos e reduzindo custos no processo de internacionalização das empresas.

  • Código do projecto: POCI-02-0752-FEDER-026608
  • Objectivo principal: Reforçar a competitividade das PME
  • Região de intervenção: Norte, Centro, Lisboa e Alentejo
  • Entidade beneficiária: Câmara de Comércio e Indústria Luso Japonesa
  • Data de aprovação: 17-08-2017
  • Data de início: 30-05-2017
  • Data de conclusão: 31-12-2019
  • Custo total elegível: 238.829,05 Euros
  • Apoio financeiro da União Europeia: FEDER 107.689,78 Euros
  • Apoio financeiro público regional: Lisboa 13.647,37 Euros

 

 

 

Eventos

RESENHA | EVENTOS PORTUGAL@NIHON | 2017 & 2018

2018

Maio 2018 | Missão Empresarial ao Japão & Participação Hachinohe Wine Festival 2018

Esta Missão, feita por representação, levou várias empresas do sector vinícola e agro-alimentar à Hachinohe Wine Festival 2018, um certame para especialistas dos sectores vinícolas e gourmet, reunindo os maiores importadores/distribuidores da região.

Nesta Missão, os participantes ainda puderam participar em mostras organizadas especificamente para os seus produtos.

PARTICIPANTES: Empresas dos sectores Agro-alimentares & Vitivinícola

 

Maio 2018 | Como fazer negócios - Japão: desafios e oportunidades

A Fundação AIP dirigiu um convite à CCILJ para colaborar na realização deste evento, ume seminário de uma manhã para capacitar as empresas portuguesas com conhecimentos que auxiliem a entrada no mercado japonês.

Para o efeito o Dr. Paulo Ramos, representando a CCILJ, apresentou aspetos importantes do Acordo de Parceria Económica UE-Japão. Além da participação do seu presidente, a CCILJ providenciou a participação da investigadora Ana Fernandes Pinto(associada individual da CCILJ), especialista na cultura japonesa, para transmitir conhecimentos culturais importantes do Japão.

Além das apresentações a cargo da CCILJ, a Câmara ainda conseguiu um bom contacto com a Câmara Municipal de Torres Vedras e Alenquer para trabalhar em conjunto de forma a ajudar na divulgação da Cidade Europeia do Vinho.

 

Abril 2018 | Missão Empresarial ao Japão com participação na feira Wine & Gourmet Japan 2018

Esta Missão teve como objectivo principal a participação na Wine & Gourmet Japan 2018. A CCILJ contou com um stand próprio na feira, no qual também participaram as 6 empresas inscritas na Missão. Durante a feira as empresas portuguesas puderam apresentar aos visitantes os seus produtos, estabelecendo contactos com importadores/distribuidores japoneses.

Além desta participação na Wine & Gourmet Japan 2018, a CCILJ organizou mostras e seminários para as empresas portuguesas contactarem directamente com os decisores e especialistas dos importadores japoneses.

Wine and Gourmet CCILJ 2017

PARTICIPANTESEmpresas dos sectores: Agro-alimentar (Queijo, Azeite, Azeitonas) & Vitivinícola (Vinhos, Gin,Vodka)

 

 

2017

Novembro 2017 | Missão Empresarial a Tokyo e Osaka com participação na Wholesale Tradeshow Osaka 2017

Nesta Missão, a CCILJ organizou reuniões b2b entre os representantes dos exportadores portugueses e importadores japoneses nas cidades de Tokyo e Osaka. Além destas reuniões, as empresas participantes puderam estar presentes na Wholesale Tradeshow Osaka 2018, uma feira dirigida a produtores e importadores que ambicionem contactar distribuidores/retalhistas/grossistas no Japão, em específico na área de Kansai (Osaka, Kyoto, Nara).

PARTICIPANTESEmpresas dos sectores Agro-alimentar & Vitivinícola

 

Novembro 2017 | Participação da CCILJ no PORTUGAL EXPORTADOR 2017

A convite da AIP, a CCILJ apresentou-se na edição de 2017 do Portugal Exportador com a habitual mentalidade de auxílio às empresas portuguesas que desejam entrar no mercado japonês.

Às reuniões para esclarecimentos com as empresas portuguesas, a CCILJ juntou um Café Temático, onde foi abordado pelo Dr. Paulo Ramos, Presidente da CCILJ e exportador de vinhos para o Japão, o tema do Acordo de Parceria Económica entre o Japão e a união Europeia. Este Café Temático teve uma adesão que superou todas as expectativas da CCILJ e da AIP.